Money, money

Benjamin Steinbruch, da CSN, é só elogios à ação da presidente de dar à iniciativa privada a possibilidade de entrar firme na infraestrutura.

Entretanto, atrela o sucesso do projeto ao custo do dinheiro e ao BNDES. “Pelo fato de o repasse dos recursos ser terceirizado, há de se agilizar e desburocratizar este processo”.

Estadão, Direto da Fonte, 18/08/2012

Anúncios

, ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: